sexta-feira

Deixar de amar você...

Como deixar de te amar, se foi com você que aprendi a existir, com você aprendi a ser homem, a amadurecer, a deixar a infância, a ser pai.
Como esquecer você, se cada dia que passa te amo ainda mais, se o sentido da minha existência é você. Como esquecer dos seus olhos me olhando, me admirando, me amando, como esquecer do seu sorriso timido e discreto, do amor que você demonstrava a cada segundo sentir por esse velho rabugento...
Eu amo você minha catherine, tanto e de tal intensidade que sei que você me espera do outro lado, e se assim não for eu irei atrás de você até o infinito, irei a Deus e lutarei de todas as formas para estar ao seu lado. A morte para o nosso amor é apenas um intervalo e não nos separa-rá.
Sem você aqui ao meu lado eu me tornei apenas o pai, de dois meninos nossos, que espero ver crescer, se formar, ser alguém e me libertar... A minha liberdade será o atestado final para poder me reencontrar contigo...
Logo estaremos juntos, assim como o céu e a lua, assim como Jesus e Deus, estaremos juntos eternamente.